Sonic Mania Nasce um Jovem Clássico - Análise

Sonic Mania: Nasce um Jovem Clássico – Análise

Quando Tudo Começou

No começo da década de 90 o mercado de games pode testemunhar o que foi a primeira grande guerra de consoles: Nintendo vs SEGA. A Nintendo tinha dominado a geração 8 bits com o Nintendo Entertainment System (famoso NES, FAMICOM ou Nintendinho para os mais próximos), o console de 8 bits da empresa japonesa conseguiu um feito que parecia impossível: recuperar e dominar o mercado americano após o Crash dos videogames nos anos 80 (ouça assa Fliperama de Boteco #170 – Crash da Indústria dos Videogames de 1983 ). A confiança só aumentou quando a rival SEGA lançou o seu concorrente da geração: o Master System. Apesar do sucesso no oriente e no Brasil (graças a parceria com a TecToy), no grande mercado americano o lançamento foi um fracasso.

A confiança da Nintendo era tão grande com seu amplo domínio que a empresa negligenciou a concorrência e viu a rival SEGA entrar primeiro na nova geração de consoles (conhecida como geração 16 bits). Em 1989 a SEGA lançava o Mega Drive, um console superior que se vendia em sua propaganda como algo para jovens (procurando vincular a marca da Nintendo como um brinquedo para crianças). A estratégia surtiu efeito, e pela primeira vez a Nintendo viu um rival incomodar sua hegemonia. Aproveitando do prestígio que o NES ainda gozava, a Nintendo conseguiu segurar as pontas até 1990 quando lançou o Super Nintendo Entertainment System (mais conhecido por Super Nintendo, Super Famicom ou SNES) com o que seria a grande revolução da categoria plataforma: Super Mario World.

O game do encanador acompanhava o novo console e saltava aos olhos pela sua beleza e jogabilidade, a Nintendo estava pronta para novamente dominar o mercado. O mascote gordinho e bigodudo era a coqueluche do mercado e a SEGA viu-se em uma situação complicada, uma vez que seu único potencial mascote, Alex Kidd, não havia feito uma boa passagem dos 8 para os 16 bits.

Sonic The Hedgehog
Sonic The Hedgehog: o início.

 

Como contra-ataque foi encontrada uma alternativa que reforçaria ainda mais a imagem de jovem e descolada que a SEGA gostaria de passar com seu console, surgia Sonic the Hedgehog (Ouça Fliperama de Boteco #188 – Sonic 1 do Mega Drive). Totalmente oposto a concorrência, Sonic era um ouriço jovem, veloz e com tênis vermelho! O resultado não poderia ser outro: Sucesso total. Sonic ganhou uma geração de fãs e de continuações. Porém com a evolução da tecnologia para 3D e com a queda da SEGA como desenvolvedora de consoles, o futuro de Sonic não foi os melhores recebendo jogos que nem de longe remetiam ao sucesso do passado.

Após muito tempo de sofrimento, a SEGA confiou a Christian Whitehead a missão de criar um novo jogo da franquia que resgatasse todo o sucesso original. Mas dessa vez a chance de sucesso era muito maior uma vez que Whitehead não era um programador qualquer, grande fã da franquia ele já havia participado de diversas versões de jogos não autorizados do ouriço azul e o mais importante, jogos que apesar de não ter o selo oficial eram adorados pelos fãs. Desta forma, em 15 de agosto de 2017 um dos maiores ícones dos anos 90 estava de volta com o lançamento de SONIC MANIA.

Veja também

 

O JOGO

Sonic Mania é uma continuação de Sonic 3 e Sonic & Knuckles, ignorando completamente as aventuras não bem sucedidas como Sonic 4. O jogo traz de volta toda mecânica 2D em suas fases principais e algumas dinâmicas 3D em fases bônus. Apesar de remeter ao estilo clássico do personagem, nota-se que a equipe de produção aproveitou da atual tecnologia para poder criar mais detalhes tanto no acabamento dos personagens quanto no das fases.

Podemos optar por diferentes personagens jogáveis: Sonic, Tails, Sonic e Tails (single player ou coop) e Knucles. Em cada uma das opções há dinâmicas diferentes na jogabilidade e no desenvolvimento das fases. Sonic tem o modo de jogo clássico privilegiando a velocidade, Tails tem habilidade de voo graças a sua cauda dupla, ao jogar com ambos você poderá combinar as habilidades sem correr o risco de sofrer com as trapalhadas de Tails (algo comum no início da série). Por fim, ao optar por Knuckles você poderá aproveitar a habilidade de escalar e planar que permite explorar ambientes que não são possíveis com os outros personagens.

Sonic Mania
Diferente personagens para diferentes possibilidades.

Mania Mode

O principal modo de jogo é o Mania Mode, criando uma premissa muito simples, entretanto interessante, o personagem é confrontado pelo seu grande arquirrival Dr. Robotinik (também conhecido por Dr. Eggman) que com uma de suas geringonças faz o protagonista viajar pelo espaço tempo. Estas viagens nos fazem revisitar fases clássicas das versões antigas da franquia como Green Hill, Chemical Plant, Oil Ocean, Flying Battery e outras.

As fases são divididas em dois atos, no primeiro é feita uma releitura das versões clássicas com adições que, mesmo simples, tornam o jogo ao mesmo tempo nostálgico e totalmente novo. Não tem como um fã não se sentir bem ao cair em Green Hill Zone e começar a ouvir a música clássica dos anos 90. Os segundos atos são criações novas inspiradas no material original (inclusive as músicas que ganham novos arranjos). Também há novos estágios criados originalmente para Sonic Mania totalizando 12 fases.

De volta a Green Hill Zone
De volta a Green Hill Zone

Dentre as novas criações destaca-se a incrível Studiopolis, aproveitando de toda capacidade da geração atual de consoles com a estética 2D, a equipe de produção criou um estágio que salta aos olhos do primeiro ao último passo. Há uma combinação de sombras em contraluz em um cenário que remete ao universo do cinema com cores fortes e vivas. Aproveitando-se do clima há adições ao gameplay que criam mecânicas novas como panelas de pipoca que servem como canhões e antenas parabólicas que lançam o personagem de um ponto ao outro (como os barris de Donkey Kong Country).

De maneira geral, esta versão possuí um nível de dificuldade maior que os títulos da época do Mega Drive, prepare-se para morrer diversas vezes para completar alguns atos. Entretanto isto não é um problema, uma vez que o desafio e a satisfação que o game proporciona acabam gerando o estímulo para continuar tentando.

 

Fases Bônus

Durante o desenvolvimento do jogo é possível encontrar checkpoints no formato de poste, neste momento se você possuir mais de 25 moedas será teleportado para a fase bônus. Essa tela muda a dinâmica para uma visão isométrica 3D na qual deve-se coletar todas as bolas azuis e evitar as vermelhas. Talvez este item seja um ponto fraco do jogo, uma vez que o bônus é sempre igual e torna-se repetitivo por estar disponível em todos os atos, não é incomum errar logo no início do bônus propositalmente para voltar logo ao que interessa.

Também há uma segunda fase bônus que é acessada ao encontrar argolas gigantes espalhadas pelas fases. Neste desafio, também em visão 3D, faz-se necessário coletar argolas para aumentar o tempo disponível e bolas azuis para aumentar a velocidade, desta forma no fim desta corrida você encontrará um UFO que guarda as esmeraldas.

Em busca das Esmeraldas: fases bônus um pouco repetitivas
Em busca das Esmeraldas: fases bônus um pouco repetitivas

Outros modos de Jogo

Além do modo Mania que explora a campanha principal do game, há mais dois modos jogáveis: Time Attack e Competition. No modo Attack o objetivo é ser o mais rápido! A dinâmica é terminar as fases no menor tempo possível e no final é apresentado um placar de líderes com os melhores tempos coletados on-line. Este modo poderia ser melhor caso existisse a possibilidade de competir com adversários on-line simultaneamente ou ao menos existisse competidores fantasmas com os melhores tempos a serem baixados (como costumeiramente aplicado em jogos de corrida).

O modo Competition nos faz voltar aos bons tempos dos jogos multiplayer local, dois jogadores deverão completar as fases o mais rápido possível e coletar o maior número de argolas, também há a possibilidade de personalizar as regras para este modo. Uma ótima opção para ser usada como Party Game.

Time Attack: seja o mais rápido!
Time Attack: seja o mais rápido!

Finalizando

Sonic Mania é um jogo para todos, seja você um jogador veterano dos 16 bits ou um novato que começou a jogar vídeo game com as gerações mais novas. Para os fãs de Sonic a satisfação será garantida ao enfim poder jogar um grande título da franquia e para quem quer conhecer um pouco mais do gênero plataforma esta é uma grande porta de entrada.

Este é um dos games que atinge o estado da arte de um gênero. O estilo pixelado dos 16 bits ganha uma nova versão na qual as cores e os detalhes são incríveis e as novas versões das músicas não deixam nada a desejar ao que era feito há mais de 20 anos. As fases são uma verdadeira homenagem aos grandes jogos da franquia e apesar de mais difíceis do que o habitual, elas irão te manter preso ao jogo por horas.

A falhas do jogo, como a repetição da fase bônus e a falta de um modo de jogo online completo, são pequenos detalhes comparado a todos os acertos já mencionados. Sem sombra de dúvidas Sonic Mania já nasceu como um novo clássico!

Sonic Mania

0.00
9.1

Jogabilidade

9.0/10

Sons e Trilha

9.0/10

Diversão

9.5/10

Gráficos

9.0/10

Prós

  • Gráficos 2D muito bonitos
  • Músicas e efeitos sonoros
  • Atualização de Fases Clássicas
  • Variação de jogabilidade entre personagens

Contras

  • Fases bônus repetitivas
  • Falta de recursos on-line