Fliperama de Boteco

Fliperama de Boteco #102 – Final Fight (Parte 1/2)

Fliperama de Boteco #102 – Final Fight (Parte 1/2)

No ar mais um Fliperama de Boteco, onde os porradeiros Guilherme FerrariMarcos Melo,  Alexandre Machado e Alysson Guedim comentam, nesta primeira parte, sobre um dos Beat ‘em up mais  importantes: Final FightPegue seu fone de ouvido e aperte o play!

Sugestões e ideias de pauta:
contato@fliperamadeboteco.com

LINKS NO PORSCHE

Links Relacionados

 

ARTE DA VITRINE
Guilherme Ferrari

ADICIONE O NOSSO FEED
Abra o Itunes, clique em AVANÇADO, depois em ASSINAR PODCAST, cole o link a seguir e aperte em OK: Aqui

NOSSA PÁGINA NO ITUNES
Acesse aqui: Itunes Fliperama de Boteco

SUGESTÕES, FICHAS, CRÍTICAS, DICAS E DÚVIDAS
Envie e-mails para: contato@fliperamadeboteco.com

Gostou? Compartilhe!

Sobre o autor

  • Podegoso Shumy

    admito que não sou fã do primeiro final fight, mas a versão do Sega CD e do GBA, são as versões definitivas do game. aguardo o proximo podcast

  • Diego Magalhães

    Então galera, algumas coisas comentadas durante o cast dizendo não fazer sentido.
    O fato de ter katanas no jogo faz sentido sim, a primeira vez que elas aparecem são com o boss Sodom, que por sinal mais tarde se tornou um personagem de Street Fighter Zero/Alpha, além disso elas são bem raras daí pra frente, então poderiam ser algum acervo do próprio Sodom. O fato do boss Damnd ser o personagem que aparece na televisão, realmente é a reviravolta de roteiro, afinal vocês não queriam que o chefão engravatado cadeirante aparecesse na tv se declarando sequestrador né? kkkkk

    Um abraço pra vcs, sucesso aí!

  • Darley Santos

    Comecei jogando o Final Fight 3, só depois joguei o primeiro, e as diferenças eram sensíveis. Eu gostava muito de dar porrada naqueles punks com cara de demente, era satisfatório por assim dizer. Olha, não sei vcs, mas desconfiava desde o início que o inimigo que aparece no começo do jogo não era o vilão principal, já era algo previsível visto que esse tipo de virada/guinada de enredo, o chamado “plot twist”, era comum até, não só em jogos mas também em desenhos, animes, filmes… Todos os jogos da série joguei no Super Nintendo.