Grand Theft Auto VICE CITY: Say Hello To My Little Friend!

Em 1983, o diretor Brian De Palma lançava SCARFACE, remake do de 1932. O filme narra a história de Tony Montana (Al Pacino), um refugiado cubano que chega na Miami dos anos 80 com nenhum dinheiro e torna-se um grande chefe do tráfico de drogas. O filme destacou-se pela sua narrativa extremamente violenta, uso frequente de drogas pesadas e linguagem forte (utilizando-se do palavrão fuck 226, sendo que 182 destas foram proferidas pelo seu protagonista). O filme teve uma recepção mista baseada em sua linguagem pesada e surpreendente para época e com o passar dos anos foi melhor absorvido torando-se um dos clássicos do cinema sendo elogiado por outros grandes diretores como Martin Scorsese.

Leia mais

 

O que tem a ver SCARFACE com GTA?

Praticamente tudo quando estamos falando de GTA VICE CITY! Lançado pela Rockstar em 2002 após o grande sucesso de GTA III, o game é o primeiro a nos ambientar em um período do passado, na década de 80, e nos apresenta a cidade mais detalhada até então vista naquela geração de jogos. Vice City(que já havia aparecido no título original da franquia) é totalmente inspirada em Miami (e também na série Miami Vice, a segunda maior inspiração do Game), a cidade possuí cores muito vivas e quentes, está sempre movimentada com turistas e por vezes sofre com chuvas tropicais, tudo para nos ambientar em uma grande cidade litorânea e turística.

 

GTA Vici City - Mansão Diaz
Diaz Mansion: Inspiração em Scarface

Enredo

No enredo temos o controle do protagonista Tommy Vercetti que chega a Vice City no ano de 1986, após cumprir uma pena de 15 anos na prisão. Originalmente Tommy deveria ser o Capo (subchefe da máfia) na cidade, sendo subordinado diretamente ao seu Don, Sonny Forelli, e atuando nos negócios do tráfico de cocaína. Entretanto com o desenrolar da história somos apresentados a diversas situações que nos levam a cometer pequenos delitos, comprar propriedades e negócios a beira da falência e, eventualmente, tornar-se o grande chefe da máfia da cidade.

 

Jogabilidade

O jogo segue o modelo que revolucionou a franquia no terceiro episódio, com visão e movimentação em 3D em uma plataforma de mundo aberto. O mapa inicialmente estará habilitado apenas na parte rica e turística da cidade, com o desenvolver das missões além do dinheiro você ganhará acessos a novas áreas da cidade, incluindo uma segunda parte onde há a região portuária da cidade, bairros mais pobres (dominados por haitianos e cubanos), o aeroporto e as forças armadas.

Demolition Man
Demolition Man: Uma das missões mais irritantes de toda campanha.

Nas horas que passamos no jogo, o que não falta é criatividade para as missões! Que vão desde simplesmente levar a filha de um importante coronel da cidade a até praticamente recriar uma das cenas mais famosas de Scarface. A progressão das missões é bem linear com a história, mas fique atento algumas missões paralelas são necessárias para desbloquear o enredo principal, em alguns momentos se você não as realiza-las, ficará travado no desenvolvimento.

Dentre as secundárias podemos destacar:

Compra de Negócios: Vice City está cheia de empresas a beira da falência, e cabe a você capitalizar com isso. Ao longo do mapa você encontrará estas oportunidades como uma fábrica de picolés suspeitos, um estúdio de cinema de categoria duvidosa e uma empresa de Taxi no maior estilo Taxi Carrara/Carrara Taxi.

Compra de Imóveis: Estas não são exatamente missões, mas pontos no mapa nos quais você pode comprar casas, apartamentos e outras locações. São bem interessantes para aumentar os pontos de save.

Rampage: Tratam-se de 35 desafios de violência pura e gratuita, você será desafiado e matar um determinado número de pessoas ou destruir um determinado número de veículos em um curto espaço de tempo. Sem contar a agilidade para cumprir os desafios você ainda vai ter que lidar com a polícia em muitos rampages.

Missões de Profissão: Você pode interagir com veículos em todo o mapa e ao assumir alguns carros específicos você iniciará missões referentes a atividade profissional daquele carro. Dá para ser taxista, policial, bombeiro, paramédico, entregador de pizza e até motorista de ônibus! Todas as missões vão lhe render um dinheiro extra que vão auxiliá-lo a aumentar seu poder de compra no jogo e algumas vão lhe render itens específicos (como aumento da pontuação de vida, aumento da pontuação de colete, imunidade ao fogo, entre outras) que vão ajudar muito no desenvolvimento das missões.

Pacotes Ocultos: O jogo possuí 100 pacotes ocultos (que mais se parecem com uma estátua da idade antiga que pode liberar um espírito do mal) espalhados pelo mapa, a cada 10 pacotes encontrados você irá receber um prêmio em determinadas propriedades, estes prêmios variam de colete de proteção, armas até veículos especiais como helicóptero e até um tanque! Alguns detes itens são fáceis de encontrar, entretanto outros são praticamente easter eggs espalhados pelo mapa! Após ter o mapa todo disponível para exploração, vale a pena reservar algumas horas apenas para dirigir ouvindo uma boa música em busca destes pacotes.

Pacote Oculto
Pacote Oculto: Easter Egg ou Estátua de Papagaio Amaldiçoado?

 

Trilha Sonora

E por falar em dirigir e música boa, podemos destacar a diversidade de veículos disponíveis no jogo, são veículos terrestres, aquáticos e aéreos que você irá pilotar e utilizá-los conforme diferentes necessidades do jogo, e é claro se frustrar inúmeras vezes ao tentar destruir um edifício em construção com um helicóptero de controle remoto. Logo no início da campanha encontramos uma motinha do tipo scooter disponível para pilotar, e notamos a primeira diferença com GTA III uma vez que somos possibilitados a pela primeira vez a pilotar uma moto. E temos que admitir que um dos grandes momento é subir na moto e ouvir tocando na rádio (a final de contas todo veículos no universo de GTA tem um rádio) o clássico Billie Jean de Michael Jackson.

As rádios de Vice City são talvez as melhores de toda franquia! Aproveitando-se ao máximo de toda produção musical das décadas de 70 e 80 foi criada uma trilha sonora que pela primeira vez valia a pena entrar no jogo só para dirigir e ouvir as músicas. O sucesso foi tamanho que a Rockstar chegou a lançar um box de 7 CDs com as músicas dos games (que hoje são facilmente encontradas na integra e com a narração dos radialistas no Youtube).  Michael Jackson, Laura Branigan, INXS, Yes, Twisted Sister, Ozzy Osbourne, Iron Maiden, Megadeth, Judas Priest, Blondie, Tears for Fears, Kool & the Gang… A lista de artistas do game valem por um festival inteiro!

Flash FM
Flash FM: Não toque nesse mostrador!

Finalizando

Para finalizar, se você não for um jogador hard core e quiser facilitar, ou até mesmo dificultar, a sua passagem por Vice City, existem cheats, cheats e mais cheats disponíveis no jogo. Lista com estas trapaças são facilmente encontradas e irão mudar itens do jogo facilitando a jogabilidade (restabelecendo as barras de vida e colete, disponibilizando armas e automóveis) ou deixando a cidade ainda mais caótica (com pedestres te odiando, pedestres armados, carros explodindo, entre outras coisas).

Em resumo, GTA Vice City foi lançado com o grande desafio de superar toda a revolução gráfica e de jogabilidade que fora apresentada em GTA III e o game conseguiu cumprir esta tarefa de maneira primorosa! Seja pelo seu enredo envolvente, seja pela ambientação de uma das décadas modernas mais cultuadas ou simplesmente pelo fator diversão. Vice City apesar de excêntrica e desenfreada, é uma cidade democrática: irá agradar os gamers mais exigentes e aos jogadores casuais e no fim das contas dificilmente você irá querer sair deste ambiente antes de ter explorado ao máximo cada canto deste balneário de férias digital.

GTA Vice City

8.9

Jogabilidade

7.5/10

História

9.0/10

Sons e Trilha

10.0/10

Ambientação

9.0/10

Diversão

9.0/10

Prós

  • Uma das melhores trilhas dos games
  • Enredo envolvente
  • Ambientação dos anos 80
  • Quantidade e diversidade das missões
  • Fator Replay garantido

Contras

  • DifÍcil controle de veículos aéreos (principalmente helicópteros)
  • Falta de habilidade do protagonista com natação
  • Skins repetitivas dos figurantes